Desde a primeira edição da Copa Petrobras de Marcas, em 2011, a competitividade entre os modelos das montadoras que chancelam a categoria credenciou a competição. Inspirada nos grandes campeonatos de turismo do mundo, a competição está hoje entre as principais do automobilismo nacional.

A temporada será disputada em oito etapas, com provas únicas ou divididas entre duas corridas. O campeonato teve início em 22 de março de 2015, no circuito de Goiânia, e terminará dia de dezembro, no Autódromo de São Paulo.

Na briga pelo título, cinco montadoras tentam montar o melhor carro dentro da pista. São elas Ford, Toyota, Honda, Renault e Chevrolet.

Lastro de sucesso
Os oito melhores classificados da competição largam em todas as sessões de treinos livres oficiais, no treino classificatório e ainda nas duas provas de cada etapa, com pesos extras fixados dentro do cockpit.

Os pesos têm a seguinte variação:
- 80 kg ao primeiro colocado
- 70 kg ao segundo colocado
- 60 kg ao terceiro colocado
- 50 kg ao quarto colocado
- 40 kg ao quinto colocado
- 30 kg ao sexto colocado
- 20 kg ao sétimo colocado
- 10 kg ao oitavo colocado

- A redistribuição dos lastros acontecerá prova a prova e seu peso não é acumulativo.
- Na primeira etapa e na última etapa da Copa Petrobras de Marcas os carros não largarão com o lastro de sucesso.

Pontuação
O sistema de pontuação dá ainda mais dinamismo à competição. Após o encerramento de cada prova, cuja duração corresponde a 30 minutos mais uma volta, pilotos e equipes que cruzarem a linha de chegada receberão os seguintes pontos:

1º) 23; 2º) 20; 3º) 18; 4º) 16; 5º) 14; 6º) 12; 7º) 10; 8º) 8; 9º) 7; 10º) 6; 11º) 5; 12º) 4; 13º) 3; 14º) 2; 15º) 1.

*Para efeito de classificação, vale a soma dos pontos obtidos nas duas corridas da etapa.

- Para pontuar em cada uma das corridas, os pilotos precisam cumprir pelo menos 75% da prova.
- Para conquistar o campeonato, o piloto ou a dupla de pilotos deverá somar, ao fim da temporada, o maior número de pontos, descartando-se as duas piores pontuações obtidas durante o campeonato.

Pontuação de equipes
- Será declarada equipe campeã aquela que somar o maior número de pontos conquistados pelos seus dois veículos em cada prova, descartando-se as duas piores pontuações por prova.

Pontuação de marcas
- Para o título de marca campeã serão considerados apenas os dois melhores resultados de cada montadora por prova. A que somar o maior número de pontos, descartando-se os dois piores resultados, será declarada campeã da Copa Petrobras de Marcas.

Corridas
Prova 1
- Os 15 primeiros pontuam.

Prova 2
- O grid será formado pela ordem de chegada da corrida 1, invertendo-se os oito primeiros colocados.
- Os 15 primeiros pontuam.