NOTÍCIAS

Tirando leite de pedra

03/06 de 2015 - 15:45

Nonô Figueiredo somou 18 pontos na etapa e segue na briga pelo título em final de semana difícil. Salas nem correu

O final de semana não foi dos melhores para a equipe Onze Motorsports, que disputou em Curitiba (PR), a terceira etapa da Copa Petrobras de Marcas. Por um forte acidente no primeiro treino livre, Guilherme Salas ficou fora da etapa, pois não haveria tempo suficiente nos reparos para que o carro do jovem piloto ficasse pronto para correr as duas provas. Nonô Figueiredo fez boas corridas, mas um toque na corrida 2 tirou-lhe a chance de disputar a vitória.

Figueiredo iniciou os treinos livres posicionando o Chevrolet Cruze #11 em 5º e 6º lugares, respectivamente, no primeiro e segundo treinos livres. Na tomada de tempos foi o 8º, e fez uma boa primeira corrida, terminando em 6º após intensas disputas de posições no pelotão intermediário. Os carros são muito parecidos em performance, e levei algum tempo para me desvencilhar de um adversário. Tinha carro para chegar à quarta colocação, mas não houve tempo para isso
, contou Nonô.

Na corrida 2, partindo da 3ª colocação pela inversão de colocações dos 8 primeiros colocados na corrida 1 - prevista em regulamento -, Nonô fez boa largada e disputava a liderança quando sofreu um toque e rodou, sendo acertado por mais dois carros quando já estava fora da pista.

Após o incidente levou o carro aos boxes para avaliação, e a equipe o devolveu à pista, mas já com uma volta de desvantagem em relação aos demais competidores. Mesmo com avarias no carro, Nonô imprimiu um ritmo forte e marcou a segunda melhor volta da corrida, mostrando mais uma vez o quanto o Cruze seria competitivo em condições normais. O piloto completou a prova na 10ª colocação.

É uma pena o que aconteceu hoje, e vem acontecendo regularmente no Marcas. Alguns pilotos não entendem o prejuízo que causam com atitudes desastradas. Hoje tínhamos condições de vencer essa corrida, mas essa possibilidade nos foi tirada logo na primeira curva
, lamentou Nonô.

Mesmo com os revezes, Nonô Figueiredo enxerga a etapa com um olhar positivo, destacando a evolução do equipamento e a competitividade da equipe Onze Motorsports. Nosso trabalho está surtindo efeito. Somos competitivos e nosso carro é melhor a cada etapa. Pudemos salvar alguns pontos em Curitiba e isso é importante para o campeonato. Continuamos na luta pelo título
, finalizou.

O experiente piloto é o sétimo colocado na tabela, com 70 pontos, apenas 15 a menos que o líder Vitor Meira.  
Agora a Copa Petrobras de Marcas faz uma pausa em seu calendário, voltando à pista de Curitiba nos dias 1ºe 2 de agosto para uma corrida no anel externo do AIC (Autódromo Internacional de Curitiba).