NOTÍCIAS

Ricardo Maurício atribui
vitória à tática dos pneus

Piloto preserva jogo novo para a corrida 2 e sai de Brasília líder e dando o 1º lugar à sua equipe e à Honda

O piloto Ricardo Maurício acredita que a tática de deixar um jogo de pneus novos para a corrida 2 foi decisiva para que ele vencesse a prova e assumisse a liderança da Copa Petrobras de Marcas. “Tínhamos outros pilotos em melhores condições de vencer a prova do que nós, mas por circunstâncias de corrida acabamos levando. Largamos em sexto e corremos com um jogo de pneus novos. Optamos por usar os pneus mais desgastados na primeira corrida e ir com os novos para a segunda. Acho que essa foi a escolha adequada”, comentou.

A estratégia do atual líder do campeonato, e que também colocou a Honda e sua equipe, a JLM Racing, na ponta da tabela, foi elogiada até pelos adversários. Um deles foi Alceu Feldmann, que na volta 11 acabou ultrapassado por Ricardo Maurício. “Todo mundo conhece a habilidade do Ricardinho e na saída da curva 1 ele veio para cima. A habilidade falou mais alto, mas estou feliz com o segundo lugar”, disse Feldmann, que tem 35 pontos no campeonato contra 68 do primeiro colocado.