NOTÍCIAS

Renault busca ampliar sucesso no Marcas

24/03 de 2016 - 09:45

Fabricante de origem francesa estreou ano passado na categoria e fez muito bonito. Agora, quer mais

A Renault estreou com pompa e circunstância na temporada 2015 da Copa Petrobras de Marcas. Foram oito vitórias em 16 corridas, um espantoso aproveitamento de 50%. O sonhado título fica como meta para 2016, cujas cortinas se abrem nos próximos dias 9 e 10 de abril no circuito do Velopark, em Nova Santa Rita (RS).

A marca traz algumas mudanças em seu esquadrão para o campeonato prestes a se iniciar. Ano passado, com as equipes C2 Team e Full Time, a Renault teve em seus volantes Gabriel Casagrande, Rubens Barrichello e Fábio Carbone, que entrou para substituir Eduardo Rocha na Full Time, além de Beto Cavaleiro no time paranaense.

A parceria com a C2 continua e o time traz novamente Gabriel Casagrande e conta com o reforço de William Starostik. A Full Time deixa a categoria e abre espaço para a entrada da Greco Renault, comandada por Fabio Greco, filho da lenda Luiz Antonio Greco (1935-1992), chefe de equipe da Willys (que depois tornou-se a Renault no país).

A dupla trazida por Greco é de peso: Fábio Carbone e Guilherme Salas somaram seis vitórias na última temporada. Promessa de trabalho por parte da fabricante francesa junto aos adversários.

“O automobilismo faz parte do DNA da Renault. Os motores da marca conquistaram 12 títulos na Fórmula 1, que é a categoria máxima do automobilismo mundial. No retorno às pistas do Brasil as equipes Renault – C2 Team e Full Time – conquistaram oito das 16 corridas no Brasileiro de Marcas. E em 2016 acreditamos que estaremos ainda mais fortes, continuando as histórias de sucesso com a C2 Team (5 vitórias em 2015), e com a tradicional equipe Greco, responsável no passado pelos vencedores Interlagos e Gordini da equipe Willys, ambos projetos Renault”, lembrou Caique Ferreira, diretor de Competição da Renault do Brasil.