NOTÍCIAS

Promessa de subida

21/03 de 2016 - 14:00

Equipe que representa a Ford muda de nome, investe e espera grande desempenho em 2016

O modelo do carro, os pilotos e a sede da equipe continuam os mesmos: Ford Focus Sedan, Cesar Bonilha e Marcelo di Tripa, no time sediado em Londrina (PR). O resto mudou bastante, a começar pelo nome da equipe, que até o ano passado se chamava Júpiter Racing Team e agora passa a ser denominada Friato Racing Team.

É o quarto ano do time de Bonilha na Copa Petrobras de Marcas. E agora ele espera mais. “Tenho muito a agradecer à Júpiter pela confiança nestes últimos três anos, quando graças a Deus foi possível realizar o nosso sonho de ter uma equipe no Campeonato Brasileiro, mostrar nosso trabalho e buscar novos investidores. Foram dez pódios e uma vitória, e sempre estivemos entre as cinco melhores equipes do campeonato”, disse Cesinha.

De fato, o time teve um 2015 inesquecível com a vitória já na primeira etapa. “Ano passado foi a nossa melhor temporada na categoria. Começamos vencendo, fizemos mais quatro pódios e chegamos ao final com chances de título. Infelizmente a etapa final foi a nossa pior em todo o ano, com duas quebras. De qualquer forma, aprendemos bastante e acredito que em cima disso podemos melhorar e continuar entre os melhores”, destacou o piloto, que fechou a temporada 2015 na décima posição, com 133 pontos pela Ford.

Bonilha continua a parceria com Marcelo di Tripa, que chegou à equipe na quarta etapa do ano passado, vindo do campeonato regional de Marcas do estado de Goiás. “Eu saí do regional e a diferença é muito grande. Os carros, motores, câmbio, pneus, é tudo mais moderno. No final comecei a andar melhor, fui acumulando experiência, e foi um grande aprendizado até aqui”, disse o piloto de 36 anos, que fechou o campeonato na 16ª posição com 38 pontos – e seis corridas a menos.

“O Marcelo entrou no meio do ano, praticamente, vem acreditando na categoria e no nosso trabalho. Agora iniciamos mais uma parceria e espero que ela se estenda por longa data”, frisa Bonilha. O próprio di Tripa vem fazendo uma preparação intensa. “Tenho treinado muito, corri algumas provas nos Estados Unidos e continuo andando no regional de Marcas. Vamos colher bons frutos, tanto eu como o Cesinha. A parceria tem sido muito boa. Demos uma reestruturada na equipe, investimos bastante e esperamos andar em um nível bem mais alto do que estivemos no ano passado”, lembrou.

Segundo a dupla, o time investiu em pessoal, transporte, ferramentas, material e background técnico com a contratação de um engenheiro. Tudo para fazer bonito em 2016.