NOTÍCIAS

Nonô Figueiredo vai de 16º a 6º na primeira corrida no Velopark

26/04 de 2015 - 07:45

Equipe Onze Motorsports teve bom desempenho na primeira corrida no Rio Grande do Sul

A equipe Onze Motorsports disputou, na tarde deste sábado (25), a terceira corrida de sua história. Depois de um início conturbado em Goiânia, no mês passado, onde foram realizadas as duas primeiras corridas da temporada do Campeonato Brasileiro de Marcas, o time começa a mostrar bons resultados na etapa que vem sendo realizada no Velopark, em Nova Santa Rita (RS).

Sempre entre os primeiros colocados nos treinos livres, Nonô Figueiredo marcou o melhor tempo no treino classificatório realizado na sexta-feira (24), mas não largou da pole-position em função de uma punição recebida ainda em Goiânia e que o fez perder 15 posições.


Largando de 16º, Nonô escalou o pelotão até terminar a prova em 8º lugar e herdar 2 colocações de pilotos que chegaram à frente mas foram penalizados. “Eu fiz uma prova conservadora. Largando de 16º não dá para esperar chegar ao pódio, então fui cuidadoso para não me envolver em acidentes, buscando somar o máximo de pontos e me colocar bem no grid da segunda corrida”, contou Nonô. Com a inversão dos 8 primeiros colocados na primeira corrida, para a formação do grid da segunda, Nonô largará do terceiro lugar neste domingo.


Já Guilherme Salas não teve a mesma sorte. O jundiaiense fez um bom primeiro treino livre na sexta, e ficou fora do segundo por um problema mecânico. Na tomada, classificou-se em 10º lugar, mas sabia que tinha um bom carro para a primeira corrida de hoje.


Após a largada perdeu duas posições, mas começou a se recuperar com boas ultrapassagens, até que sofreu uma forte batida de um concorrente, saiu da pista e abandonou com a suspensão quebrada quando já ocupava a 7ª colocação. O adversário foi excluído da prova pela manobra que prejudicou Salas. “Eu vinha em um ritmo bom, embora não estivesse forçando demais para poupar o equipamento. Aproveitei alguns erros dos adversários e consegui avançar, mas aí fui tirado da pista e abandonei” lamentou Salas.


Mesmo não completando a prova, Salas marcou a melhor passagem com o tempo de 1:00.003, o que mostra mais uma vez a competitividade dos Chevrolet Cruze da equipe Onze Motorsports na etapa.