NOTÍCIAS

Líder, Martins pede paciência

13/06 de 2016 - 12:00

Piloto da JLM Racing foi tocado na segunda largada, o que prejudicou seu desempenho na prova

Gustavo Martins vem mantendo a política de pontuar sempre que possível em posições altas e quando não, pontuar da mesma maneira. Foi o que aconteceu com o gaúcho do Honda Civic #00 em Santa Cruz do Sul, durante a terceira etapa da Copa Petrobras de Marcas.

Com um terceiro lugar na primeira prova, Martins largou em quinto no grid invertido da segunda. Tomou um toque, caiu para nono e lá se manteve para beliscar mais pontos importantes para mantê-lo na liderança do campeonato.

“O sábado foi muito bom, terceiro lugar. Mas no domingo eu tomei um toque na largada, acabei rodando e caí lá para trás. Meu carro desalinhou e me mantive ali em nono lugar para chegar ao fim de pontuar", lembrou.

“O pessoal tem que ter um pouco mais de paciência na largada. Não é lá que se resolve a corrida”, apontou.

A próxima etapa acontece daqui a 12 dias no rápido circuito de Tarumã, na cidade de Viamão (RS). Suas expectativas são boas. “Vou correr em casa. Sou de Porto Alegre, praticamente criado em Tarumã. Espero ter um bom resultado, e embora eu não seja o único gaúcho na disputa, a equipe (JLM Racing) também é de lá, portanto esperamos o melhor cenário”, afirmou.