NOTÍCIAS

Ineditismo marca etapas da Copa Petrobras no Velopark

04/04 de 2016 - 13:30

Traçado gaúcho foi palco das primeiras vitórias de Honda, Ford e Renault

Presente no calendário da Copa Petrobras de Marcas desde a primeira temporada, em 2011, o Autódromo do Velopark volta a receber a categoria no próximo domingo (10/04), para a rodada dupla de abertura do campeonato 2016. As corridas realizadas no traçado localizado no município de Nova Santa Rita (RS) são sempre marcadas por fatos históricos, como primeiras vitórias de pilotos e de marcas.

No campeonato de 2011 o Velopark recebeu a quarta etapa e nas três anteriores, a Chevrolet havia vencido as seis corridas. Coube a Daniel Serra quebrar a escrita e registrar a primeira vitória da Honda na categoria. Na corrida complementar do final de semana, Claudio Ricci registrou o primeiro triunfo da Ford.

No ano seguinte, a etapa em Nova Santa Rita foi a quinta e novamente um feito histórico marcou a rodada dupla. Com um final de semana preciso, o paranaense Thiago Marques venceu as duas corridas, guiando o Toyota Corolla da equipe RZ Motorsport, e escreveu seu nome na história do certame. Depois dele apenas Galid Osman (Toyota), Ricardo Zonta (Toyota), Felipe Gama (Honda) e Guilherme Salas (Chevrolet) conseguiram repetir o feito de vencerem duas provas no mesmo final de semana.

Dois anos após o domínio de Thiago Marques o Brasileiro de Marcas voltou ao Velopark. Em um final de semana de muita chuva, o treino classificatório, que aconteceria no sábado teve de ser cancelado por conta do acúmulo excessivo de água em alguns pontos do circuito e quem se deu bem foi o então líder do campeonato, Ricardo Maurício. O regulamento previa que em um caso de não realização do classificatório, o grid obedeceria a tabela de classificação do campeonato.

Já na corrida Ricardinho não teve a mesma sorte. O piloto da Honda até cruzou a linha de chegada em primeiro lugar, mas foi punido em 40 segundos no seu tempo final de corrida – sendo 20 por receber ajuda ainda no grid após a volta de apresentação ser autorizada e outros 20 por queima de largada. Com isso Alceu Feldmann herdou a vitória. Na segunda prova do final de semana a vitória ficou com Denis Navarro, que havia largado na penúltima colocação e superou Ricardo Maurício nos últimos metros de prova. "Essa foi uma das vitórias mais emocionantes da minha carreira, sem dúvida”, relatou Navarro à época.

Dando continuidade ao histórico de ineditismos da pista, o Velopark viu no ano passado a Renault subir ao de grau mais alto do pódio pela primeira vez. Coube ao jovem Gabriel Casagrande conduzir o Fluence #83 para a vitória. Na segunda corrida do final de semana o experiente Nonô Figueiredo venceu pela primeira vez na categoria. O piloto do Chevrolet Cruze #11 havia conquistado a pole position para a corrida de abertura do final de semana, mas teve de cumprir uma punição que carregou da etapa anterior e foi obrigado a largar na 15a posição. A redenção de Nonô aconteceu na prova de encerramento da etapa gaúcha, quando conquistou sua primeira vitória na Copa Petrobras.