NOTÍCIAS

Greco Renault traz nome tradicional e dupla forte

23/03 de 2016 - 17:35

Filho do lendário Luiz Antonio Greco, Fabio estreia equipe na Copa Petrobras trazendo os Renault Fluence com Guilherme Salas e Fábio Carbone

A Renault, marca que foi destaque na temporada 2015 na Copa Petrobras de Marcas, já tem seus quatro pilotos definidos para o campeonato que se inicia nos dias 9 e 10 de abril no Velopark, em Nova Santa Rita (RS). A fabricante, vencedora de oito das 16 corridas do calendário passado, tem algumas mudanças em seus quadros.

A parceria com o C2 Team continua – a equipe terá Gabriel Casagrande e William Starostik. E uma nova equipe chega à categoria também preparando os Renault Fluence: a Greco Renault, comandada por Fabio Greco, filho do lendário Luiz Antonio Greco (1935 – 1992), considerado por muitos até hoje o melhor chefe de equipe da história do automobilismo brasileiro.

“Há tempos venho falando com a Vicar e no final do ano passado apareceu uma oportunidade. Conversamos com a Renault, adquirimos os carros que eram da Full Time e acabamos nos acertando”, destacou Fabio, que também traz longa experiência como piloto e chefe de equipe.

A relação entre o sobrenome Greco e a Renault é antiga. Luiz Antonio, o conhecido Trovão, foi o primeiro chefe do departamento de competições da Willys do Brasil, que mais tarde viria a se tornar Renault no país. “Acho que somos a equipe mais antiga em atividade no Brasil, com mais de 50 anos, pois nunca paramos de correr”, lembrou.

O time fechou com uma dupla de peso para a temporada. Fábio Carbone, que ano passado correu as cinco últimas etapas pela Full Time com os Fluence e venceu três corridas, e o jovem Guilherme Salas, também vencedor de três provas e terceiro colocado no campeonato passado pela Onze Motorsports (Chevrolet).

“Acho que é uma parceria que tem tudo para dar certo, embora sejamos uma equipe nova na categoria, mas de longa história e tradição. Os carros terminaram muito bem o ano passado, com vitórias e poles, então estão bem preparados. Além disso, é um pessoal capacitado, sabe o que faz. Junto com o Salas formamos um time muito forte. A Renault vai estar muito bem representada”, disse Carbone.

Guilherme Salas, depois de fazer a pole position na Corrida de Duplas da Stock Car ao lado de Ricardo Maurício, confirma seu destino em 2016 com a missão de ao menos repetir o excelente desempenho de 2015, quando foi o terceiro na classificação geral ao vencer três provas e fazer duas pole positions. “É uma grande satisfação defender a Renault. Será meu segundo ano na categoria e quero novamente lutar pelo título e ajudar a marca a ser campeã. O carro já se mostrou muito competitivo no ano passado e tenho certeza de que a equipe Greco, que tem um histórico incrível no automobilismo, fará um ótimo trabalho. O Carbone é um piloto muito competente e já conhece o carro, pois já andou nesse equipamento no ano passado. Ele será de grande importância para toda a equipe no desenvolvimento do que precisaremos fazer. E vai ser um prazer trabalhar ao lado dele nesta temporada”, falou Salas.

Para Greco, 2016 representará um grande desafio. “A Renault dá um apoio realmente importante e nós temos a obrigação de fazer os carros andarem muito bem, como terminaram no ano passado. Não vai ser fácil, porque estamos entrando agora na categoria. Vai ser um desafio, mas eu gosto muito dessas coisas. Nasci e passei a minha vida inteira neste meio, e isso está no meu sangue – e passando para a família”, disse Fabio, cujo filho, Binho, ajuda o pai desde criança e hoje é engenheiro da equipe.

“Conseguimos fechar com uma dupla bem forte – e foi difícil trazê-los, porque são pilotos bem requisitados. Acho que a temporada vai ser de grandes disputas, e estamos trabalhando muito forte para sermos competitivos”, finalizou Greco.