NOTÍCIAS

Greco-Renault satisfeita e “no caminho certo”

27/04 de 2016 - 15:05

Fábio Carbone e Guilherme Salas fizeram boas corridas no Velopark e, apesar das quebras, pontuaram bem

Foi disputada no autódromo do Velopark, em Nova Santa Rita (RS), a etapa de abertura da temporada 2016 do Campeonato Brasileiro de Marcas, no último dia 10 de abril. Estreante na categoria, a equipe Greco-Renault já mostrou que será uma das grandes forças da competição este ano, colocando seus dois carros entre os 10 melhores da classificação final da rodada dupla.

Com apenas dois treinos de 35 minutos cada, a equipe teve pouco tempo para solucionar problemas que normalmente se apresentam na primeira vez que os carros vão à pista. Isso impactou na classificação, que também foi tumultuada em função de duas bandeiras vermelhas, o que atrapalhou a performance dos pilotos e relegou Fabio Carbone à décima posição e Salas à 18ª e última, com problemas elétricos no carro.

A corrida de sábado foi, então, marcada pela recuperação de posições. Carbone conseguiu avançar cinco postos, e completou em quinto. Salas veio escalando o pelotão, ganhou doze posições, mas quando ocupava a sexta colocação teve que abandonar com a suspensão quebrada.

Na manhã deste domingo, pela inversão dos oito primeiros colocados da prova anterior para a formação do grid, Carbone partiu do terceiro lugar, com o companheiro Salas vindo de 14º. Carbone manteve o posto após a largada, pressionou o segundo colocado e conseguiu a ultrapassagem, mas um toque entre os dois levou à quebra da suspensão dianteira direita do piloto do Renault Fluence número 22, que abandonou a corrida. Enquanto isso, Salas vinha fazendo boas ultrapassagens e, após oito posições conquistadas, recebeu a bandeira quadriculada em sexto lugar, marcando ainda a melhor volta da corrida, com o tempo de 1
min00s158. Com os resultados, Carbone ocupa a nona posição no campeonato e Salas a décima.

Avancei algumas posições na primeira prova, larguei de terceiro e estava bem na prova, mas quando fui ultrapassar o segundo nos tocamos e minha suspensão quebrou. Mas consegui marcar pontos importantes para o campeonato no final de semana e evoluímos muito o carro. Estaremos fortes para a próxima etapacomentou Carbone.

No sábado fui eu que tive a suspensão quebrada quando já tinha avançado bastante. E domingo consegui ganhar várias posições novamente, chegar em sexto e salvar alguns pontos. Mas o importante é que o carro já é bem rápido e estou certo que na próxima etapa, em Goiânia, brigaremos pela vitória disse Salas.

Para Fábio Greco, chefe de equipe da Greco-Renault, a etapa de estreia mostrou o potencial do time. “Estou satisfeito com o ritmo que conseguimos estabelecer nas corridas, isso mostra que estamos no caminho certo. O Carbone foi quinto 
na primeira prova, o Salas sexto na segunda marcando a melhor volta da corrida. Teríamos feito mais se não fossem as quebras, mas recuperaremos pontos em Goiânia” afirmou Greco.