NOTÍCIAS

Fábio Carbone “em sintonia” com Renault

21/09 de 2015 - 16:15

Piloto da Full Time Sports vence em sua segunda etapa na categoria neste ano

A sexta etapa da temporada 2015 da Copa Petrobras de Marcas, realizada em Campo Grande (MS), teve vitória dupla da Renault. A montadora francesa tem seus Fluence preparado por duas equipes: a C2 Team e a Full Time Sports. E cada uma venceu uma corrida no final de semana do dia 13 de setembro. Na primeira prova, o primeiro a ver a quadriculada foi Gabriel Casagrande, da C2; depois, com pista seca, foi a vez da Full Time Sports com Fábio Carbone, que faz sua segunda prova pelo time. 

Na corrida #1 da etapa Fábio Carbone cruzou a linha de chegada na quarta posição depois de sair de uma das últimas posições no grid de largada. Na segunda corrida, o piloto trouxe a primeira vitória do time no Brasileiro de Marcas nesta temporada. Fábio que largou da quinta posição, devido a inversão do grid com o resultado da corrida de número 1, logo na largada pulou para a segunda posição e depois de assumir a liderança segurou a ponta até a bandeira quadriculada.

‘‘Tínhamos um bom carro o final de semana inteiro, ontém não conseguimos um pódio, pois quando largamos do fundo, temos que fazer uma corrida de muita recuperação. Hoje a situação de pista era extremamente melhor e largamos lá na frente do grid. Essa vitória é muito boa, a empatia com a equipe foi realmente legal. Agora vamos saborear a vitória’’, comentou Carbone, que retornou à categoria na etapa de Goiânia para substituir Eduardo Rocha como companheiro de equipe de Rubens Barrichello.

‘‘Depois de seis finais de semana de luta e dificuldades de fazer o carro ficar competitivo, conseguimos a vitória. Um ano dificil com muitas mudanças técnicas, adaptações, hoje foi o começo dessa conclusão de trabalho em equipe. Alcançar a vitória nos deixa competitivos e ainda temos dois finais de semana onde vamos trabalhar para manter esse nível, esta intensidade, para buscarmos o maior número de pontos que a gente puder e terminarmos o ano em uma posição bem melhor do que a que começamos”, disse.