NOTÍCIAS

Difícil reestreia para Felipe Tozzo

16/06 de 2016 - 14:35

Catarinense afirma buscar voltar ao ritmo de antes. Chefe de equipe Cesinha Bonilha reitera confiança no novo contratado

Pelos lados da Ford em Santa Cruz do Sul (RS), durante a terceira etapa da Copa Petrobras de Marcas,  o clima era de mudança. Cesinha Bonilha passou a se concentrar somente na direção da equipe Friato Racing Team e colocou em seu lugar no Ford Focus #99 o experiente piloto Felipe Tozzo.

Em um final de semana de readaptação, o piloto teve uma etapa difícil. Um acidente durante os treinos livres limitou um pouco sua rodagem pelo circuito gaúcho; mesmo assim, ele acredita que em breve estará de volta ao ritmo dos ponteiros.

“Foi mesmo um final de semana bem difícil, porque foi minha reestreia na categoria na terceira etapa, enquanto todos os outros já tinham duas no bolso, então isso faz diferença. E eu estava em uma equipe nova, um carro diferente. De qualquer forma, foi bem positivo e proveitoso, porque já na segunda bateria fizemos uma corrida de recuperação”, destacou.

“Mas a etapa foi um pouco prejudicada do nosso lado. Eu cometi um erro, bati no treino e acabei ficando de fora do classificatório e da primeira corrida. Acredito, contudo, que a equipe tem potencial para melhorar e eu também tenho para fazer um bom trabalho. Acho que nas próximas etapas a tendência é que cresçamos bastante para incomodar o pessoal da frente”, disse.

Agora como chefe de equipe, Cesar Bonilha também analisou o final de semana pelo mesmo prisma de Tozzo. “A experiência de chefiar a equipe foi boa. Pena que tivemos um acidente logo no primeiro treino, o que danificou muito o carro. Mesmo assim, estou confiante no Tozzo. Acredito que ele vai assumir meu lugar sempre com chances de pódio: ele tem currículo, é rápido, tem um bom histórico e veio para somar. Em pouco temos estaremos na briga”, espera.