NOTÍCIAS

Casagrande mira pódio no Velopark

05/09 de 2014 -

Piloto da Chevrolet acredita que agora é a hora da virada

 

A Copa Petrobras de Marcas tem sua sétima etapa neste final de semana, no Autódromo do Velopark, em Nova Santa Rita - localizado a 30 km da capital Porto Alegre. Trio mais jovem da categoria, que comandam os dois Cruze da equipe C2, tem sentimentos diferentes para o final da semana da rodada dupla do campeonato que tem um grid formado por cinco montadoras e nomes consagrados do automobilismo.

Enquanto Gabriel Casagrande considera a prova crucial para suas pretensões no campeonato, já que vêm embalado por um ótimo desempenho na última etapa, quando subiu no pódio na segunda colocação, os gêmeos Yuri e Yago Cesário, que comandam o Cruze #08 vivem o clima de estreia na pista gaúcha.

"Venho de um ótimo resultado e este ano, apesar de alguns problemas no carro, que nos impediram de buscar resultados importantes, já conquistamos uma pole e uma vitória baseado nesse retrospecto considero essa corrida a hora da virada, pois preciso de bons resultados para subir na tabela", analisou Casagrande

O jovem piloto está a exatamente 46 pontos de diferença do líder do campeonato, a mesma pontuação que estará em jogo nas duas corridas no domingo, o que torna suas metas perfeitamente possíveis.

"Ainda temos três etapas, com seis corridas, sendo que a última tem a pontuação dobrada. "Neste momento temos que ser ousados. Enquanto alguns pilotos buscam estar na zona de pontos, nós queremos vitórias. Nossa estratégia será arrojada.E é isso que vamos buscar. Nada está perdido", avaliou o paranaense de 19 anos.

Os irmãos Cesário, que fazem sua primeira temporada na Copa Petrobras de Marcas esperam continuar o ótimo trabalho que vem fazendo com a equipe C2. "O único contato que tivemos no circuito do Velopark foi um treino de F3 para pilotos de kart, onde foram colocados pneus de segurança e uma chicane na reta para que não atingíssemos grandes velocidades, então nosso conhecimento acaba sendo praticamente nulo", explicou Yago.

"É a primeira vez que iremos correr no Velopark e queremos mais uma vez alcançar nossas metas de aprendizado conquistando experiência nas pistas do Brasil, com carro de tração dianteira, que é uma grande novidade para nós. Além claro, de tentarmos melhorar nossos resultados", completou Yuri.